Você empreendedor - Seu 1º passo é alimentar o conhecimento Quero Vencer!
Sonhos

Transforme seu sonho em um negócio

Perguntas que eu, você e todo mundo faz:

Já teve alguma iniciativa para empreender e não deu certo?

Conhece alguém que tentou empreender e se deu mal?

Conhece algum amigo que está muito bem porque tem um negócio?

Eu quero lhe falar algumas verdades sobre este assunto: transforme seu sonho em um negócio.

O ponto de partida é sempre o mesmo e você escolhe: vivemos tempos de crise ou de oportunidades.

Eu escrevo sobre isso, porque iniciei um negócio há mais de uma década e gostaria de ajudá-lo com alguns elementos importantes que farão parte de sua história também.

Sobre quem escreve:

Eu não tenho filhos, não sou casado e ninguém depende dos resultados diretos do meu trabalho. Em outras palavras, se eu literalmente quebrar, decidir fechar ou vender o meu negócio não vou precisar me preocupar com o sustento de minha família.

Se isso me conforta? Tanto faz, porque eu não vou usar estas três possibilidades nesta história.

Sobre verdades: até os meus 24 anos eu era um bobo, eu fui um bom profissional exemplar nas empresas em que eu trabalhei, me dedicava muito, e sempre tive a visão do dono. Inclusive quando fiz os meus estágios.

Aqui vou fazer uma divisão: aqueles que também são como eu fui, e têm seus empregos perfeitos, histórias perfeitas e exemplares. E aqueles que querem mudar suas vidas, partindo para uma iniciativa própria.

Uma singela opinião:

A carreira executiva é muito parecida com a de jogador de futebol.

Você começa com todo gás, dá o seu melhor, mas em algum momento você fica velho, e não são muitos os times na elite do futebol. Ao contrário do que se pensa, estar na elite do futebol é para uma minoria de competentes jogadores, mas também muito em função de qualidade, indicações, apadrinhamentos, e talvez, sorte.

Você tem a opção de ser mediano, e um bom “mediano” constrói uma vida feliz, com sua família completa, um ou dois carros na garagem, uma casa de praia ou de campo, bons restaurantes, e viagens internacionais a cada 12 meses.

Acontece que, logo ali na frente, você se dá conta que o tempo dedicado à empresa que trabalha é bem significativo em relação ao tempo que pode estar com sua família e nisso, acaba pensando em possibilidades futuras.

Porque eu sei disso tudo? Nós temos os mesmos sonhos.

Transforme seu sonho em um negócio, é a afirmação para o seu caminho mais desejado e que eu posso ajudar a responder.

Claro que parece ser algo simples, e eu já tentei tantas coisas. Confesso que errei um bocado de vezes, mas também acertei muitas outras. Hoje vejo que não sou tudo aquilo que eu acreditava lá atrás, mas eu tenho algumas respostas que podem transformar a sua vida.

Mas então, qual é o meu objetivo?

Não quero falar de dinheiro, meu negócio é falar de caminhos.

Se você quiser conhecer um pouco mais sobre isso, eu gostaria muito de abrir o meu coração e mostrar que querer é poder, mas os resultados exigem determinação, entusiasmo e acima de tudo capacidade de se auto descobrir todos os dias. Transforme seu sonho em um negócio, é a lição mais pura que eu tive.

Agora eu queria saber de você, como você está para transformar o seu sonho em negócio mesmo com a crise em que vivemos?

Deixe o seu comentário logo abaixo, vou adorar saber a sua opinião e prometo responder a qualquer questionamento seu.

Um abraço e até a próxima.

Rodrigo Miranda

  • Carolina Damasceno

    Me fez pensar sobre meus sonhos, mas a verdade é que nos dias de hoje dá muito medo querer transformar meus desejos em realidade :/

    • Olá Carolina, agradeço o teu comentário e sei como é difícil começar um negócio próprio. Te convido a ficar de olho nas próximas dicas que farei aqui, tenho certeza que algumas ideias vão surgir logo ali na frente. 😉

  • Jair cafero

    Pura verdade
    A 34 anos atraz coloquei em ação um sonho e até hoje vivo do resultado deste sonho
    Em 30 dias vou completar 70 anos e estou iniciando dois novos sonhos, porque hoje existe crise mas amanhã sera um novo dia sem crise e quem sair na frente estara mais preparado

    • Jair, muito agradecido com o teu comentário.
      Parabéns antecipado pelos 70 anos. Tenho um avô, mega-empreendedor com 93 anos, que hoje é a referência mais pura que tenho de um vencedor. Por mais dura que seja nossa realidade, os altos e baixos fazem parte de nossa experiência e fortalecem a nossa evolução. Abração.